Ubiratã, sábado, 02 de março de 2024 ESCOLHA SUA CIDADE

Região

18/04/2023

Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural

Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural

Megaprojeto, que promete mudar o perfil socioeconômico do município, será lançado em evento comemorativo neste sábado (22)

Em 2013, a cidade de Juranda, no noroeste do Paraná, viu o milagre acontecer, com a cura de Lucas, então com 5 anos. Ele caiu da janela de casa, enquanto brincava, a uma altura de seis metros. A queda provocou traumatismo craniano, com perda de tecido cerebral. Durante o internamento no hospital, em coma, o menino teve duas paradas cardíacas.

O caso era gravíssimo. Os médicos não davam esperanças de vida. A população se uniu em uma corrente de oração a Deus, que incluiu pedidos de intercessão aos irmãos Francisco e Jacinta Marto, os pastorinhos de Fátima, conhecidos assim após presenciarem a aparição da Virgem Maria, fato reconhecimento oficialmente pela Igreja Católica.

A oração pedindo a intercessão dos irmãos partiu especialmente do convento das Irmãs Carmelitas de Campo Mourão, que conheciam bem a história dos pastorinhos. Cinco dias depois, Lucas acordou do coma. A primeira coisa que fez foi perguntar pela irmã, que brincava com ele na hora do acidente.

O fato surpreendeu a equipe médica e consolou a todos que rezaram ardorosamente, com fé de que isso iria acontecer. Lucas não apresenta nenhuma sequela do dano físico que sofreu.

A recuperação do menino, então, foi considerada um milagre, estudado e confirmado pelo Vaticano, que o creditou aos pastorinhos de Fátima. Eles foram ouvidos.

O acontecimento de Juranda fundamentou o processo de canonização de Jacinta e Francisco, concluído minuciosamente pela Igreja em 2017 [foram quatro anos para isso]. Lucas e a família participaram da cerimônia, em Roma; o menino foi abraçado pelo Papa Francisco.

A cidade toda celebrou o fato com mais orações e eventos comemorativos; além disso, instituiu feriado municipal no Dia dos Santos Pastorinhos de Fátima [20 de fevereiro] e colocou em ‘lugar de honra’ as imagens dos santos na Igreja Matriz local.

Segundo consta, no início do século passado, Francisco e Jacinta foram testemunhas, junto com a prima Lúcia, das aparições da Virgem Maria, em Fátima, Portugal. Os beatos ainda eram crianças quanto faleceram, aos 10 e 9 anos, respectivamente. São os santos mais jovens da Igreja Católica. Lúcia Marto morreu em 2005, aos 97 anos. Ela era freira e possivelmente também será canonizada.

Cidade do Milagre

Juranda ficou nacionalmente conhecida como a “Cidade do Milagre”. É comum receber visitas de pessoas ávidas por conhecer a história de cura, inexplicável para a ciência, mas totalmente possível no ambiente da fé.

Foi a partir dessa procura que a administração do município, de aproximadamente 9 mil habitantes, passou a unir esforços para atrair mais pessoas e recebê-las de forma aconchegante, para uma experiência espiritual que transcende as crenças desenvolvidas nesta ou naquela igreja.

O que se busca é um modelo de desenvolvimento identificado com sua vocação natural da cidade. Vários projetos já estão prontos, outros em andamento, para esse ingresso no turismo religioso, um dos mais que cresce no Brasil.

Além do milagre

‘Juranda Além do Milagre’. O slogan embasa os planos de sustentabilidade traçados pelo município. A prefeitura está tirando do papel o complexo de obras arquitetônicas e urbanísticas que darão suporte para uma nova configuração socioeconômica e cultural.

“Pretendemos fazer de nossa cidade um lugar aprazível, com estrutura para acolher pessoas de várias partes do Brasil e do mundo, interessadas em exercitar o bem-viver; a ideia é, com isso, estimular encontros e eventos que promovam confraternização e a espiritualidade, a conexão com Deus”, afirma a prefeita Leila Amadei.

Fé com natureza

Paralelamente, Juranda direciona investimentos também no ecoturismo. “Temos mais essa vertente importante para explorar, considerando que o município tem uma extensa área de matas nativas, com rios e cachoeiras lindas, de fácil acesso, para o deleite dos nossos visitantes”, observa a prefeita.

A esse rol somam-se trilhas e recantos para o turismo de aventura, de pesca esportiva e de outros tipos de lazer ligados a hábitos saudáveis de vida. Locais de descanso [hotéis e pousadas], restaurantes e estabelecimentos que comercializam artesanato fazem parte.

“Toda essa estrutura já existe, já está sendo desfrutada, mas ainda é tímida em relação ao que almejamos; nossa previsão é, em poucos anos, amplificar esse potencial, dando visibilidade mundial à nossa cidade”, assegura a prefeita.

Na esteira desse propósito, alavancar o empreendedorismo é outra questão que está sendo alinhavada pela prefeitura. “Além de turistas, trabalhamos para atrair investidores em hotelaria, gastronomia e artesanato, entre outros setores que vislumbrem geração de emprego, renda e progresso local e regional”, afirma a prefeita.

Arquitetura do milagre

Oficialmente, Juranda já está na rota do turismo religioso traçado pelo Governo do Estado. O Paraná vem fortalecendo as campanhas e as verbas para a expansão desse segmento, beneficiando muitos municípios.

“Pleiteamos apoio e temos certeza que teremos, até porque nossos projetos são viáveis, inusitados e encantadores; sem dúvida, vão enaltecer e valorizar significativamente o centro-oeste do Estado”, exclama a prefeita, informando as obras que fazem parte do complexo.

Uma delas, o monumento ‘Marco Zero’, é o referencial da história do milagre; está sendo construído no centro da cidade, perto do local do acidente. “Simboliza a vitória da vida, o triunfo da fé e da esperança sobre a agonia e o desespero”, explica a prefeita.

Outra com propósito semelhante é “O Milagre de Juranda – Exposição documental”, montada no Centro Cultural. Nela, por meio de painéis, documentos e objetos, o turista conhece, detalhadamente, como o milagre aconteceu.

Numa terceira etapa a prefeitura pretende construir, na praça Henrique Szafermann, o ‘Memorial do Milagre’, com linguagem arquitetônica inovadora, “o qual proporcionará ao visitante uma experiência sensorial inusitada, que o levará a refletir sobre o milagre da própria vida”, descreve Amadei.

No foco da quarta etapa está o ‘Parque Temático do Milagre – Estação Ponto Paraná’, que chamará a atenção pela grandiosidade; será construído às margens da BR 369, rodovia federal que corta o Estado do Paraná, em Juranda. “A edificação terá ambientes de encontro do turismo e do conhecimento, da arte, da cultura e da devoção”, resume a prefeita.

Evento

O megaprojeto ‘Juranda Além do Milagre’ será apresentado ao público neste sábado (22), no pós-feriado de Tiradentes. As atividades terão início às 19h, com terço, missa, homenagem ao menino Lucas e sua família, visita à Exposição Documental do Milagre (Marco Zero) e apresentação da ideia de turismo religioso e rural a toda a comunidade. Às 22h haverá o show com a banda Rosa de Saron [participação gratuita], na praça central.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Fonte: UBIRATÃ | CIDADE PORTAL | ASSESSORIA DE IMPRENSA

Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural
Cidade do milagre, Juranda se abre para o turismo religioso e rural

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal