Ubiratã, quarta-feira, 10 de agosto de 2022 ESCOLHA SUA CIDADE

Celebridades

03/01/2022 | Concebido por Goioerê

Mariana Xavier sobre convite de Lázaro Ramos: "Não me enxergou somente como atriz gorda"

Mariana Xavier sobre convite de Lázaro Ramos: "Não me enxergou somente como atriz gorda"

Artista, de 41 anos, que faz par romântico com Seu Jorge no filme 'Medida Provisória', milita por diversas causas nas redes sociais: 'No fim das contas não são minorias, são grupos menorizados'

Mariana Xavier, de 41 anos, está no elenco de Medida Provisória, filme dirigido por Lázaro Ramos, que estreou no Festival do Rio na última semana. Feliz com o papel no longa, que tem 77 atores, com o elenco majoritariamente formado por negros, a atriz agradece o reconhecimento do diretor ao convidá-la para o papel.

"Quando o Lázaro me convidou, respondi que não havia possibilidade de eu dizer não. É uma aparição pequena, mas que me deixou muito feliz, porque ela não tem nada a ver com meu corpo, e nem é para ser alívio cômico de ninguém. É para mostrar uma vertente do meu trabalho que as pessoas ainda conhecem muito pouco e eu quero mostrar mais. É um lado mais sério, mais dramático. Ele não me enxergou somente como atriz gorda", declara.

Militante ativa em suas redes sociais, Mariana acha importante o artista levantar outras bandeiras além da sua. "Inclusive, quando alguém tenta me resumir como uma pessoa que luta pelo respeito às pessoas gordas, eu digo que luto pelo respeito de todas as pessoas terem o direito de serem felizes como elas são, como elas querem, como elas conseguem. Falo muito sobre o racismo, público LGBTQIAP+, PcDS. No fim das contas não são minorias, são grupos menorizados. A gente vive em um país que mais da metade da população é negra. A gente fala de representatividade, mas temos que falar de proporcionalidade. Fico extremamente feliz em ver esse filme com a maioria negra. Tomara que lance moda", deseja.

Medida Provisória é estrelado por Taís AraujoSeu Jorge e pelo anglo-brasileiro Alfred Enoch (conhecido dos filmes de Harry Potter e da série How to Get Away with Murder). Adriana EstevesRenata Sorrah e Emicida também reforçam o elenco de peso do longa, que gerou 850 empregos direta e indiretamente.

"É um projeto que me deixou muito feliz e orgulhosa. Esse trabalho me fez aprender coisas muito valiosas e importantes. Sou par romântico do Seu Jorge, posso dizer que gerei muita inveja. Apesar de poucas aparições, ela tem uma função importante na trama e tem uma característica que eu procuro ser: uma aliada da luta antiracista. Ela é uma branca consciente dos seus privilégios, que tenta entender o seu papel dentro dessa causa. Acho que foi por isso que o Lázaro me convidou", acredita.

Ainda sem previsão de estrear nas salas de cinema para o grande público, o filme foi rodado em 2019 e seria lançado em 2020, mas teve que ser adiado por conta da pandemia. "Foi uma loucura. Minha primeira oportunidade de assistir ao Medida Provisória, seria no dia 14 de março de 2020, no SXSW Film Festival, no Texas. Estava recém-saída de uma reabilitação que quebrei a perna em janeiro e com o inglês na ponta da língua. Eis que a gente recebeu a notícia que o festival foi cancelado por conta da pandemia e logo em seguida, nós entramos em isolamento social no Brasil também", lembra.

Inspirado na peça Namíbia, Não!, de Aldri Anunciação, o filme relata um futuro distópico, em que governo brasileiro decreta uma medida provisória que obriga os cidadãos negros a voltarem à África, para reparar os tempos de escravidão.

"É muito louco que parece que estou sendo sugada para março de 2020. Aconteceram tantas coisas surreais com a gente desde 2019, quando o filme foi feito, que estamos bem mais perto desse futuro distópico, com essa realidade injusta, autoritária e prepotente. É muito emocionante poder voltar a um festival de cinema. Não sabia mais nem me arrumar", conclui.

 

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | REVISTA QUEM

OPINE!

CIDADE PORTAL
(44) 3522-7297 | (44) 99979-8991
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio
de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Site CIDADE PORTAL.

Desenvolvido por Cidade Portal